Em Pauta

COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA (20/10), EM SÃO PAULO, O XXIV CONGRESSO BRASILEIRO DE FONOAUDIOLOGIA

Serão apresentadas pesquisas inéditas, com ênfase para o avanço em diagnóstico e intervenção, em saúde e educação, áreas de atuação da fonoaudiologia.

São Paulo – Começa nesta quinta-feira (20/10) e se estende até o próximo sábado (22/10), o XXIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, no Centro de Convenções Rebouças, na capital paulista. O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa). “Mais uma vez vamos colocar em sintonia o desenvolvimento profissional e o comprometimento social dos diferentes departamentos da nossa especialidade, privilegiando muito o contexto social, em saúde e educação”, relata a Presidente da SBFa, Irene Marchesan.

Ao todo, mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais apresentarão estudos, pesquisas e casos clínicos de relevância nacional e internacional, abordados por renomados especialistas, por meio de palestras, simpósios e cursos.

O tema central deste ano será “Avanços em diagnóstico e intervenção em fonoaudiologia". O domínio da fonoaudiologia compreende a atuação dos profissionais nos campos da saúde e da educação, especificamente nas áreas de Motricidade Orofacial, Audição e Equilíbrio, Disfagia, Educação, Linguagem, Saúde Coletiva e Voz.

Alguns destaques do XXIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia:
 Acompanhamento do Desenvolvimento do Recém Nascido com suspeita de Síndrome Congênita do Zika Vírus;

 Intervenção multidisciplinar no acompanhamento do RN com microcefalia relacionada ao Zika vírus;

 Atenção primária à saúde e a política nacional de saúde da pessoa com deficiência: implicações para a formação em tempos de zika vírus;

 Zika vírus: epidemiologia e seguimento do recém-nascido;

 Aspectos epidemiológicos e clínicos do Zika vírus;

 Microcefalia no contexto atual;

 Distúrbios do sono e da alimentação: interface com a linguagem;

 Desafios na inclusão de pessoas com deficiência auditiva no mercado de trabalho;

 Diagnóstico fonoaudiológico e processos de intervenção no TEA (Transtorno do Espectro Autista);

 Palestra Internacional - Evidenced Based Practices for ASD in the United States
Lisa Audet (EUA) - TEA (Transtorno do Espectro Autista)

 Dia internacional de atenção à gagueira;

 Audição: Zumbido...o que realmente sabemos...

 Fonoaudiologia e neurociências com foco na educação;

 Escola, diagnóstico situacional e vulnerabilidade social;

 Diagnóstico e tratamento dos distúrbios do sono;

 Voz profissional falada nos meios de comunicação: rádio e TV;

 Oralidade no telejornalismo;

 Desafios do fonoaudiólogo no trabalho de competência comunicativa de radialistas

Para ter acesso a grade científica completa do XXIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia, clique Aqui.

Sobre a SBFa
A fonoaudiologia, como atividade profissional, foi regulamentada em 09 de dezembro de 1981. Com o decorrer das gestões, a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia ampliou a articulação com as instituições públicas, com os Ministérios da Saúde e da Educação, com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com o Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) e com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

No biênio 2004/2005, foram planejadas as oficinas de sensibilização de docentes e discentes para o SUS, com aprovação do projeto e o financiamento do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde. Sob a presidência da fonoaudióloga Irene Marchesan, a SBFa deu continuidade às ações de fortalecimento da entidade, fortalecendo a identidade e o exercício profissional, a representatividade nacional e internacional e a modernização de sua estrutura. Hoje, a diretoria expandida inclui, em média, 70 gestores atuando nos diversos departamentos, comitês e comissões.

SERVIÇO
XXIV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia
Organização: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa)
Data: de 20 a 22 de outubro de 2016
Local: Centro de Convenções Rebouças - São Paulo
Tema central: “Avanços em diagnóstico e intervenção em fonoaudiologia"
Grade científica: http://www.sbfa.org.br/fono2016/admin/grade_ativa.php
Site SBFa: www.sbfa.org.br